Fóssil de predador gigante

O fóssil de um réptil, classificado como um Prestosuchus chiniquensis, predador pré-histórico, foi encontrado em excelente estado de conservação no município de Dona Francisca, no Rio Grande do Sul, a 260 km de Porto Alegre. A descoberta foi feita pela equipe da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra). O animal viveu há 240 milhões de anos, antes do aparecimento dos dinossauros. Segundo os cientistas, é o fóssil mais bem conservado do maior predador do Triássico médio. O Prestosuchus pertencia ao grupo dos arcossauros basais, que foram anteriores a dinossauros, pterossauros e crocodilos. O material foi tombado no acervo do Museu de Ciências Naturais da Ulbra.

Parecido com um jacaré, o réptil caminhava sobre quatro patas, possuía cauda longa e seu focinho era mais longo. Pesava cerca de 1 tonelada e tinha em média 7 metros de comprimento e 1,5 metro de altura. Seu corpo não encostava o solo.

Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.

9 respostas a Fóssil de predador gigante

  1. Ricardo A. diz:

    Adoro notícias de fósseis *_* Grande notícia!

  2. Guilherme diz:

    Eu adoro dinossauros, dragões e essas coisas. Portanto adorei esta informação…

  3. Guilherme diz:

    Uáu…está mesmo fixe!!!

  4. Inês diz:

    Como será que aguentou tanto tempo,e ainda está assim em tão bom estado.
    E era mesmo muito grande e pesava ainda mais.
    Que grande descoberta.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s